Translate

Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain tradução

terça-feira, 16 de agosto de 2016

DIA 15 - FOGO DE AMOR - VISITAS A JESUS SACRAMENTADO E A NOSSA SENHORA



Por Santo Afonso Maria de Ligório

"Eu vim trazer fogo à terra - diz o Senhor - e que desejo senão que ele se acenda?" (Lc 12,49). Dizia o venerável Pe. Francisco Olímpio, teatino, que não há na terra coisa que mais vivamente acenda o fogo do amor divino no coração dos homens do que o Santíssimo Sacramento do altar. É o que o Senhor fez conhecer a Santa Catarina de Sena, quando se deixou ver no Santíssimo Sacramento sob a forma de uma fornalha do amor, da qual saíam torrentes de chamas divinas, que se espalhavam por toda a terra. Em vista disso a Santa, maravilhada, não sabia explicar como pudessem os homens viver sem se consumirem nas chamas do amor Divino. Meu Jesus, abrasai-me de amor por Vós; fazei que eu não pense senão em Vós, não suspire senão por Vós, não deseje e não procure senão a Vós. Como eu seria feliz, se este fogo sagrado me possuísse por completo, e, ao se consumirem os meus anos, ele consumisse felizmente em mim todos os afetos terrenos.

Verbo Divino, Meu Jesus, vejo-Vos sobre o altar, imolado, aniquilado e destruído por meu amor; é, pois, muito justo que, como Vos tornais vítima de amor por mim, assim eu me consagre e sacrifique todo a Vós. Sim, Meu Deus e Meu Soberano Senhor, sacrifico-Vos hoje toda a minha alma, todo o meu ser, toda a minha vida. Este meu pobre sacrifício eu o associo, Pai eterno, ao Sacrifício infinito que Jesus Cristo, Vosso Filho e meu Salvador, vos fez de si mesmo outrora na cruz, e que renova ainda, cada dia, tantas vezes, sobre os Altares. Aceita-o, pois, pelos merecimentos de Jesus, e concedei-me a graça de o renovar todos os dias da minha vida, e de morrer sacrificando-me todo em honra Vossa. Desejo a graça, a tantos mártires concedida, de morrer por Vosso amor. Mas, se não sou digno de tamanho favor, ao menos concedei-me, Senhor, o de Vos sacrificar de boa vontade a minha vida, aceitando desde já a morte que vos aprouver enviar-me. Senhor, eis a graça que desejo: morrer para Vos honrar e ser-Vos agradável. E, por isso, desde já Vos sacrifico a minha vida e Vos ofereço a minha morte, de qualquer forma e em qualquer tempo que ela venha.

- Meu Jesus, quero morrer para Vos ser agradável.



ESPERANÇA NOSSA

Senhora minha, permiti que, com São Bernardo, eu Vos chame ainda "o fundamento de minha esperança"; e deixai-mo dizer, com São João Damasceno, que "em Vós depositei toda a minha esperança". Vós haveis, pois, de alcançar-me o perdão de meus pecados, a perseverança até à morte e a graça de ser livre do purgatório. Aqueles que se salvam, todos Vos devem a salvação; Vós, pois, Maria, é que me haveis de salvar. Tende, portanto, vontade de salvar-me e serei salvo. Ora, Vós salvais todos os que Vos invocam. Pois bem, eu Vos invoco, dizendo:

- "Salvação dos que Vos invocam, salvai-me" (São Boaventura).



Fonte: Livro Visitas a Jesus Sacramentado e a Nossa Senhora, de Santo Afonso Maria de Ligório

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...