Translate

Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain tradução

sábado, 6 de abril de 2013

Pensamentos de Santa Teresinha






Pensamentos de Santa Teresinha – Mês de Abril



1. Oh! Como é doce o caminho do Amor! Eternamente,
cantarei o cântico sempre novo do Amor! (Carta à Madre Inês de Jesus)

2. Quando sentimos nossa impotência para fazer o bem, nosso
único recurso é oferecer as obras dos outros. Eis o benefício da comunhão dos Santos. (Conselhos e Lembranças)

3. Sim, tudo está bem, quando não se procura senão a vontade de Deus. (História de uma Alma, c. IX)

4. É preciso trabalhar, agir sempre com coragem; pois o
coração se fortifica e se vai de vitória em vitória. (Conselhos e Lembranças)

5. Quando pela manhã não sentirmos coragem alguma e força
para praticar a virtude, eis o momento de pôr o machado à raiz da árvore, não contando senão com Jesus só. (2*'carta à Celina)

6. Como pode unir-se intimamente a Deus um coração
entretido em amores humanos? É impossível, disto estou
persuadida. Tenho encontrado tantas almas fascinadas com esta
luz enganadora, tantas mariposas estonteadas, queimarem aí as
asas e tornarem assim para Jesus, fogo divino que sabe queimar sem Consumir. (História de uma Alma, c. IV)

7. Dando-se a Deus, o coração nada perde de sua ternura natural; ao contrário, esta ternura cresce e se torna mais pura e divina. (História de uma Alma, c. IX)

8. É bem consolador pensar-se que Jesus, o Divino Forte,
conheceu também todas as nossas fraquezas, e tremeu à vista do
cálice amargo, este cálice outrora tão desejado ardentemente, (1ª carta aos Missionários)

 9. O que mais faz sofrer a Jesus, parece-me ainda que é o esquecimento. (8ª carta à Celina)

10. Às vezes quando a aridez de meu espírito é tão grande, que
nem um bom pensamento Lhe posso exprimir, recito
pausadamente um Pai Nosso ou uma Ave Maria; estas orações têm a virtude de me elevar, alimentam divinamente a minha alma e são quanto me basta. (História de uma Alma, c. X)

11. Felizmente que o Reino dos Céus é composto de muitas
moradas! Porque se não houvesse essas, cuja descrição e o
caminho me parecem incompreensíveis, eu lá não poderia entrar. (6°'carta aos Missionários)

12. Tudo que puderem dizer agora de mim deixa-me
indiferente, porque eu compreendi a pouca solidez dos juízos humanos. (Conselhos e Lembranças)

13. Quanto mais avançardes, menos combates tereis, ou melhor,
vencereis com mais facilidade, porque vereis o lado bom das coisas. (Conselhos e Lembranças)

14. Oh! Eu sinto, a minha alma nunca procurou senão a
verdade... sim, eu compreendi a humildade de coração. (História de uma Alma, c. XII)

15. 0 bom Deus me fez compreender que as macerações dos santos não foram feitas para mim, e nem para as almazinhas que andarão pela mesma via da Infância. (História de uma Alma, c. XII)

16. Não há nenhum apoio a se procurar fora de Jesus. Só Ele é
imutável. Que felicidade pensar-se que Ele não pode mudar! (5ª carta à Madre Inês de Jesus)

17. Eu vos peço, ó Jesus, que o óleo dos louvores, tão doce a
natureza, não amoleça jamais minha cabeça, isto é. meu
espírito, fazendo-me crer que eu possuo virtudes que apenas pratiquei Uma ou outra vez. (Conselhos e Lembranças)

18. É verdade, nem sempre sou fiel, mas nem por isso perco a
coragem. Abandono-me nos braços de Jesus. Como uma gotinha
de orvalho, penetro bem no íntimo do cálice da divina
Campos" e ali acho de novo tudo o que perdi e muito mais ainda. (Carta à Celina, 18 ,de julho de 1893)

19. Sim, eu quero que Jesus se apodere de tal modo de mintas
faculdades, de maneira que eu já não faça mais ações humanas e pessoais, mas tão somente ações divinas, inspiradas e dirigidas pelo Espírito de Amor. (Conselhos e Lembranças)

20. Cometeis um grande erro em pensar no que vos poderá
suceder no futuro de doloroso, isto é como que se pôr a criar! Nós,
que corremos na via do amor, não nos devemos perturbar por
nada. (História de uma Alma, c. XII)

21. Se eu não sofresse minuto por minuto, ser-me-ia impossível
guardar a paciência; mas eu só vejo o momento presente, esqueço
o passado e evito olhar para o futuro. (História de uma Alma. c. XII)

22. Se muitos perdem a coragem e se desesperam, é porque pensam muito no passado e no futuro. (História de uma Alma, c. XII)

23. Para subir a escada da perfeição, não imagineis que possais
subir mesmo o primeiro degrau! Não! Mas Deus não pede de vós
senão a boa vontade. Do alto desta escada Ele vos olha com amor
e fogo; vencido por vossos esforços inúteis, Ele descerá e,
tomando-vos nos braços, vos levará para sempre no Seu Reino, onde não O deixareis jamais. (Conselhos e Lembranças)

24. Na minha pequena via não há senão coisas muito
ordinárias; é preciso que tudo que eu faça, as almazinhas possam imitar. (História de uma Alma, c. XII)

25. 0 que me arrebata para a pátria celeste é o chamado de Nosso Senhor, é a esperança de amá-Lo enfim como Ele desejou tanto, e o pensamento de que eu poderei fazê-Lo amado por uma multidão de almas que o terão de bendizer eternamente. (8ª carta aos Missionários)

26. Confesso que se no Céu não pudesse mais trabalhar para glória do bom Deus, preferiria antes o exílio que a Pátria. (4" carta aos Missionários)

27. Não há nada mais doce do que pensar bem em nosso próximo. (Conselhos e Lembranças)

28. Eu sinto que quando sou caridosa é Jesus só que age em
mim; quanto mais eu me uno a Ele, mais também eu amo as minhas irmãs. (História de uma Alma, c. IX)

29. 0 bom Deus fará todas as minhas vontades no Céu, porque nunca fiz a minha sobre a terra. (Conselhos e Lembranças)

30. Provo uma grande alegria, não somente quando me acham imperfeita, mas principalmente quando eu sinto que o sou. Os elogios, ao contrário, só me causam desgosto. (Conselhos e Lembranças)


http://escravasdemaria.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...