Translate

Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain tradução

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Dia 28 - Nele todos os bens - Visitas a Jesus Sacramentado e a Nossa Senhora



Por Santo Afonso Maria de Ligório

Se Deus nos deu o Seu próprio FIlho - diz São Paulo - que bem poderia ainda recusar-nos? "Com Ele não nos deu todos os bens?" (Rm 8,32). Sabemos, além disso, que o Pai Eterno pôs nas Mãos de Jesus Cristo tudo quanto Ele possui (Jo 13,2). Agradeçamos, pois, sem cessar, a bondade, a misericórdia, a liberdade do nosso Deus amantíssimo, que nos quis enriquecer de todo o bem e de toda graça, dando-nos Jesus no Sacramento do altar.

Assim, pois, Salvador do mundo, Verbo encarnado, posso estar certo que sois meu, e todo meu, se o quiser; mas posso eu dizer igualmente que sou todo Vosso, como o quereis? Senhor, não permitais que eu leve a ingratidão ao ponto de recusar entregar-me a Vós! Que eu não dė ao mundo semelhante espetáculo! Se o fiz no passado, que ao menos não o faça para o futuro. Consagro-me hoje inteiramente a Vós. Consagro-Vos para o tempo e para a eternidade, a minha vida, a minha vontade, os meus pensamentos, as minhas açōes, os meus sofrimentos. Eis-me aqui para Vós; consumi-me com as chamas do Divino Amor. Não quero mais que as criaturas tenham parte alguma no meu coração. Vendo as provas de amor que me prodigalizastes, quando eu ainda, não Vos amava, tenho a firme confiança de que me aceitareis, agora que Vos amo, e que por amor me dou a Vós.

Pai Eterno, ofereço-Vos hoje todas as virtudes, todos os atos, todos os afetos do coração do Vosso amado Jesus. Aceita-os por mim e por Seus merecimentos, que todos são meus, pois que mos deu, concedei-me as graças que Jesus Vos pedir por mim. Ofereço-VOs esses merecimentos para Vos agradecer tantas misericórdias que me haveis feito; ofereço-Vos para satisfazer à Vossa justiça pelos meus pecados; e por esses merecimentos, enfim, espero de Vós todas as graças, o perdão, a perseverança, o paraíso, e sobretudo o dom supremo do Vosso santo amor. Bem sei que sou eu que ponho obstáculos aos Vossos favores, mas dignai-Vos remediar também a isso. Eu Vo-lo rogo em nome de Jesus Cristo que prometeu: "Se pedirdes alguma coisa a meu Pai em meu nome, Ele vo-la dará" (Jo 16,23).

Não podeis, pois, rejeitar a minha súplica. Senhor, outra coisa não quero senão amar-Vos, dar-me inteiramente a Vós, e não ser mais ingrato como tenho sido até aqui. Volvei um olhar para mim, Senhor, e ouvi-me; fazei que neste dia me apegue a Vós de tal maneira, que não cesse mais de VOs amar. AMo-Vos, Meu Deus; amo-Vos, Meu amor, meu paraíso, minha felicidade, minha vida, meu tudo.

- Meu Jesus, meu tudo, quereis que eu seja Vosso, eu quero, também que sejais meu.

 PORTO DOS AFLITOS

Que alívio eu sinto nas minhas penas, que consolação nas minhas tribulações, que força nas tentações, quando penso em Vós, e Vos chamo em meu auxílio, Maria, Mãe terna e Santa! Grandes Santos, quanta razão tendes de exaltar esta augusta Senhora minha, chamando-lhe como Santo Efrém: "o porto dos aflitos"; como São Boaventura: "a reparação de nossas desgraças e a consolação dos miseráveis"; como São Germano: "o fim das nossas lágrimas". Maria, consolai-me; vejo que estou cheio de iniquidades, cercado de inimigos, pobre de virtudes, frio no amor para com Deus. Consolai-me, consolai-me, mas a consolação que desejo é começar uma vida nova, uma vida verdadeiramente agradável a Vosso Filho e a Vós.

- Fazei-me outro, Maria, minha Mãe, fazei-me outro, pois Vós o podeis.

Fonte: Livro Visitas a Jesus Sacramentado e a Nossa Senhora, de Santo Afonso Maria de Ligório

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...