Translate

Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain tradução

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Dia 27 - Amor incompreendido - Visitas ao Santíssimo Sacramento e a Nossa Senhora



Por santo Afonso Maria de Ligório

A Santa Igreja, no ofício do Santíssimo Sacramento, canta estas belas palavras: " Nenhuma nação, por maior que seja, tem os seus deuses tão perto de si como o nosso Deus está perto de nós" (Dt. 4,7).
Quando os pagão ouviam falar das obras de amor do nosso Deus, exclamavam: " Como é bom o Deus dos cristãos!" E com efeito, percorrei a história e vereis que, embora os pagãos inventassem divindades à medida de seus desejos, nunca chegaram a imaginar um Deus tão cheio de amor pelos homens como o nosso verdadeiro Deus. Para testemunhar o seu amor aos que o adoram, e enriquecê-los com suas graças, dignou-se este Deus tão bom fazer-se o nosso companheiro perpétuo e permanecer conosco dia e noite sobre os nossos altares, como se não pudesse, nem por um instante, separar-se de nós. Tal é o "monumento que ele nos deixou de suas maravilhas". (Sl 110,4)

Assim, pois, amado Jesus meu, quisestes operar o maior dos vossos milagres, a fim de satisfazerdes o excessivo desejo que tínheis de habitar sempre no meio de nós. E por que os homens, sabendo disso, fogem de vossa presença? Como podem viver tanto tempo longe de vós, ou visitar-vos tão raras vezes? Como lhes parece um século quinze minutos que passam na vossa presença! Tão profundo é o tédio que ali sentem! Ó paciência do meu Jesus, como sois grande! Ah! Compreendo-vos, Senhor; vossa paciência é grande, porque o vosso amor aos homens não tem limites; sim, esse amor é que vos obriga a permanecer constantemente no meio desses ingratos.

Ó Deus infinito em vosso amor, como o sois em todas as vossas perfeições, fazei que no futuro eu não pertença mais ao número desses ingratos, como no passado! Concedei-me um amor proporcionado ao que vos devo e ao que vós mereceis. Houve um tempo em que eu também sentia tédio na vossa presença, porque não vos amava, ou vos amava muito pouco; mas se com o auxílio da vossa graça, chegar a amar-vos muito, então farei consistir toda a minha felicidade em passar dias e noites inteiras aos pés de vossos altares. Pai Eterno, ofereço-vos o vosso divino Filho, recebei-o por mim; e por seus merecimentos dai-me um amor tão ardente e tão terno ao Santíssimo Sacramento, que, sempre voltado para uma igreja onde ele resida, eu não cesse de pensar nele e de suspirar pelo momento em que possa ir gozar de sua presença.

- Meu Deus, por amor de Jesus, dai-me grande amor ao santíssimo sacramento!



Nossa proteção

Maria é aquela torre de Davi, de que fala o Espírito Santo nos sagrados Cânticos; "Ao redor dela se elevam fortalezas; ali se vêem suspensos mil escudos e todas as armas dos valentes" (Ct 4,4). Vós sois portanto, Virgem Santíssima - como diz Santo Inácio Mártir - "um escudo inexpugnável para aqueles que andam empenhados no combate". Como são numerosos os assaltos dos meus inimigos para me privarem da graça de deus e da vossa proteção, senhora minha querida! Mas vós sois a minha força; não vos dedignais de combater por aqueles que em vós põem a sua confiança, e por isso santo Efrém diz que "sois a salvaguarda dos que em vós confiam". defendei-me, pois, e combatei por mim, que em vós deposito toda a minha confiança e toda a minha esperança.

- Maria, Maria, o vosso nome é a minha defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...