Translate

Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain Spain tradução

terça-feira, 11 de abril de 2017

Segunda Feira Santa - É necessária uma purificação perfeita - Por Santo Tomás de Aquino



1. Se eu não tos lavar, não terás parte comigo (Jo 13, 8). Ninguém pode compartilhar a herança da eternidade, ser co-herdeiro com Cristo, a não ser aquele que está espiritualmente limpo, pois assim está dito no Apocalipse: Nela não entrará nada de profano (Ap 21, 27); e nos Salmos nós lemos: Senhor, quem há de morar em Vosso tabernáculo? (Sl 14, 1). Quem deverá subir a montanha do Senhor, ou quem deve permanecer em Seu lugar santo? O que tem as mãos limpas e o coração puro (Sl 23, 3-4).

É, portanto, como se Nosso Senhor dissesse: Se eu não tos lavar, não estarás limpo, e se não estiveres limpo, não terás parte comigo.

2. Exclamou então Simão Pedro: Senhor, não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça (Jo 13, 9). Pedro, totalmente perturbado, se oferece todo para ser lavado, tão confuso está entre o amor e o temor. Lemos, de fato, no livro chamado The Journeying of Clement [A jornada de Clemente], que Pedro costumava submeter-se tanto à presença física de Nosso Senhor, a qual ele havia amado devotissimamente, que sempre que, depois da Ascenção de Nosso Senhor, a memória dessa tão amada presença e santíssima companhia lhe sobrevinha, ele costumava derreter-se em lágrimas, tanto que suas bochechas pareciam já desgastadas por elas.

Podemos considerar o corpo do homem em três partes - a cabeça, que é a mais elevada, os pés, que são a parte mais baixa, e as mãos, que ficam entre as outras duas. No homem interior, isto é, na alma, há também três partes. Correspondente à cabeça há a razão superior, a potência pela qual a alma opera as boas ações. Aos pés correspondem os sentidos e os desejos e sensações que surgem deles. Ora, Nosso Senhor sabia que seus discípulos estavam limpos no tocante à cabeça, pois Ele sabia que estava unidos a Deus pela fé e pela caridade. Ele sabia que suas mãos também estavam limpas, pois Ele conhecia suas boas obras. Porém, quanto aos seus pés, Ele sabia que os discípulos ainda estavam de algum modo emaranhados naquelas inclinações às coisas terrenas que derivam da vida dos sentidos.

Pedro, alarmado pelo aviso de Nosso Senhor, não apenas consentiu que seus pés fossem lavados, mas implorou que suas mãos e cabeça fossem lavadas também.

Senhor, ele disse, não somente os pés, mas também as mãos e cabeça. Como se dissesse: "Eu não sei se minhas mãos e cabeça precisam ser lavadas. De nada me acusa a consciência, mas nem por isso sou justificado (1Cor 4, 4). Portanto, estou pronto para que não apenas meus pés sejam lavados, isto é, aquelas inclinações que advêm da vida de meus sentidos, mas também minhas mãos, isto é, minhas obras, e minha cabeça também, isto é, minha razão superior". 

3. Disse-lhe Jesus: Aquele que tomou banho não tem necessidade de lavar-se; Está inteiramente puro. Ora, vós estais puros (Jo 13, 10). Orígenes, em comentário a esse texto, diz que os Apóstolos estavam puros, mas precisavam ser ainda mais puros. Pois a razão deve sempre querer como prêmio as melhores coisas, deve sempre se condicionar a alcançar os píncaros da virtude, deve aspirar resplandecer com o brilho da própria justiça. Aquele que é santo, que santifique-se ainda mais (Ap 2, 11). 

Meditações para a Quaresma - Santo Tomás de Aquino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...